As virgens suicidas (Jeffrey Eugenides)

jessica belotto

Participei um tempo atrás, de uma promoção do skoob em parceria com a editora companhia das letras, em que eu teria que reproduzir ou desenhar de alguma forma a capa de um livro qualquer e postar a foto no instagram, os dez ganhadores iriam poder escolher um livro da editora pra receber como prêmio. Praticamente pulei de alegria quando vi que tinha sido uma das ganhadoras. Como prêmio solicitei um livro que já estava na minha wishlist a muito tempo.

jessica belotto

Fiquei muito feliz quando ele chegou em casa e eu finalmente pude ter essa edição linda em mãos. O livro é um clássico da literatura norte – americana contemporânea e causa polêmica não só pelo título e história, mas também pela forma diferente na qual é narrado. É uma leitura bem pesada e com uma carga emocional muito grande. E essa nova edição (linda!!) que a Companhia Das Letras lançou nos deixa ainda mais curiosos para descobrir como é a história.

jessica belotto

As virgens suicidas se passa em um subúrbio dos Estados Unidos nos anos de 1970 e conta a história das cinco irmãs Lisbon: Cecilia de treze anos, Lux de catorze, Bonnie de quinze, Mary, dezesseis e Therese, dezessete. A trama é toda narrada por vários meninos, que conviviam, seja na escola ou na rua, com as meninas, e que podemos perceber ao longo da história, nutrem uma paixão platônica por elas que chega a beirar o extremo, mas apesar de isso estar evidente no livro, não se é revelado muito sobre a identidade dos garotos. Apesar de vermos também algumas vezes o depoimento dos próprios pais das garotas, falando um pouco sobre elas, a maior parte dos questionamentos vêm de terceiros, podendo ser algo bem controverso ou algo muito perto do real.

jessica belotto

O livro começa contando a história da primeira das irmãs a cometer suicídio: Cecilia. E a partir daí somos apresentados a diversos fatos e questionamentos sobre sua vida e sobre todo os problemas que se desencadeiam depois. Conhecemos também um pouco de cada uma das irmãs e seu modo de agir. Uma coisa que me incomodou um pouco em relação a isso, foi o fato de não ter uma ordem ou capítulo certo falando sobre cada uma delas em particular, e sim contar tudo de uma maneira conjunta, o que fez com que ficasse um pouco confuso de se compreender os fatos.

Podemos ver também ao longo da história o desenvolvimento de cada uma das cinco, e assim entender um pouco toda a angustia e desespero que elas sentiam, vemos também a grande repercussão que tudo isso causa na vizinhança e inclusive no país, levantando várias polêmicas sobre esse assunto, que até então não era tão comentado.

jessica belotto

É muito triste já saber o que nos espera no final do livro, e conseguir sentir todo o sofrimento das irmãs, vendo que elas praticamente imploravam por alguma ajuda, mas ninguém ajudava é pior ainda, e é isso que torna o livro tão sombrio e chocante. Apesar de perceber um certo desvio no contexto em algumas partes, achei uma leitura bem diferente e interessante.

Não espere ler o livro achando que no final você vai ter a explicação de todas as mortes, o que me deixou bem frustrada e curiosa, pois o que nos é apresentado são apenas teorias e ao chegar no final você acaba criando suas próprias teorias em relação as mortes e a história.

jessica belotto

jessica belotto

Toda a narrativa é um pouco complicada e cansativa de se ler e isso se deve ao fato do livro ter ao todo só cinco capítulos, que são todos muito grandes, além de toda a carga emocional de cada um deles. Por conta disso é uma leitura bem demorada, em que você tem que ficar parando a todo momento para aliviar a tensão. As letras são bem grandes, a margem e o espaçamento são ótimos e as folhas são amareladas, o que facilita a leitura. O que fez eu querer tanto ler o livro, além do nome tão significativo, foi a capa maravilhosa, que por si só já chama muito atenção e a edição toda do livro ser tão detalhada e linda (Parabéns Companhia das letras!!).

jessica belotto

Editora: Companhia das letras     N° de páginas: 231     Ano de publicação: 1993/2013    Nota: 4/5

 O livro foi adaptado ao cinema por Sofia Coppola, mas apesar de ser bem fiel ao livro, não consegue transmitir tanto toda a angústia do livro.

  E ai, alguém já leu esse livro? O que achou?

Por hoje é só pessoal.

Beijos e até a próxima!

Facebook ❤ Instagram (pessoal)  ❤ Instagram (blog) ❤ Weheartit ❤ Flickr ❤ Snap: jessica_belotto

Anúncios

56 comentários sobre “As virgens suicidas (Jeffrey Eugenides)

  1. Ah esse é um livro que está na minha lista de desejados!!! E sua resenha só me fez querer mais hahaha Apesar de não gostar de livros que não me dão uma explicação boa no final, ainda me interessa! Vamos ver como vou lidar com isso haha Adorei a resenha!
    Beijos

    Curtir

  2. Já ouvi falar do filme, mas eu não assisti e nem sabia da existência do livro. Gostei das fotos com o livro, aliás eu gosto muito das fotos que publica aqui. Confesso que por mais que você tenha falado que não tem uma “ordem certa” dos capítulos isso não diminuiu minha vontade de ler

    Curtir

    • Fico feliz que gostou dessas fotos e das outras, saber disso me faz querer ter ainda mais dedicação. O livro é um pouco difícil de compreender, mas isso não faz com que seja chato ou algo do tipo, ainda bem que não diminuiu sua vontade! Espero que leia ele e goste ❤ :*

      Curtir

    • Olá, chuchu! Fico feliz que compartilhou a sua opinião aqui! O livro realmente tem muita controvérsia, o filme, apesar de ser fiel, não consegue transmitir o drama do livro, mas apesar disso é um livro que gostei muito 🙂 Fico feliz que gostou da resenha! Espero que um dia se interesse para ler! Obrigada pelo carinho ❤ :*

      Curtir

    • O livro é muito bom mesmo! mas os capítulos grandes me incomodam muito também 😦 demorei muito tempo para ler ele por isso, mas acho que com, certeza valeu a leitura 🙂 Assiste sim!! e espero muito que leia o livro depois. Obrigada pelo carinho :*

      Curtir

  3. Oieee!
    Eu sempre quis ler esse livro, sempre tive muita curiosidade com ele, mas vou esperar um pouco e ver o filme primeiro (sou dessas). Sempre acho que o livro completa o filme de forma fantástica. Espero não me cansar com a narrativa e os capítulos longos T_T
    Beijos!

    Curtir

  4. Que fotos lindas ❤
    Tenho muita vontade de ler As Virgens Suicidas, está entre meus desejados já faz tempo e não sei porque ainda não li.
    Não sabia que a história era narrada por terceiros e fiquei bem curiosa pra saber como que isso foi desenvolvido, já que nunca li nenhum livro assim.
    O fato de ter só 5 capítulos que me desanima, já que prefiro livros com capítulos mais curtos, mas enfim, não é isso que vai me fazer desistir de ler.
    Adorei sua resenha e seu blog é um amor!
    Beijos!

    Curtir

  5. Nossa, só 5 capítulos? Imagino que muita gente abandonou a leitura por causa disso.
    Já ouvi falar bastante, tanto do livro quanto do filme, mas a história nunca tinha chamado minha atenção. Foi bom ler sua resenha, me mostrou que o livro não era nada do que eu imaginava, absolutamente nada. A começar pela narração: nunca esperaria tais narradores.
    Mas tenho que admitir que essa capa ficou maravilhosa, a Companhia das Letras arrasa nas capas, impossível não desejar!
    Folhas amareladas são amor ❤ não sei pq tem editora que ainda insiste em lançar títulos com folhas brancas :/
    Olha, antes de ler sua resenha eu passaria reto por esse livro, mas agora estou curiosa pra descobrir mais sobre o final, mesmo ele sendo meio obscuro. Esse tipo de final me atrai e muito.
    Sucesso e beijos!

    Curtir

    • Os 5 capítulos realmente me deixaram triste 😦 mas o livro é ótimo, tenho certeza que você iria amar! Yaay!! que bom que me resenha te mostrou isso, chuchu! Fico muito feliz de saber disso. A capa não é linda? *–* Toda a arte desse livro, inclusive a capa e as folhas ❤ são muito amor ❤ Obrigada pelo carinho! :**

      Curtir

  6. Olha sinceramente o livro não me chamou muita atenção não.
    Mas gostei bastante das imagens que você tirou. Ficaram lindas.
    Espero que um dia eu tenha a oportunidade de ler esse livro mais pra frente, porque seilá, não curti muito. Mas deve ser por conta da primeira impressão. Mas o que eu não gostei é que ele é meio devagar e isso costuma me dar muito sono. Eu não gosto de livros assim. Eu gosto de livros movimentados hahahaaha….Mas mesmo assim vou ver se leio antes de julgar, até porque posso até acabar gostando dele sem saber.

    Parabéns pelas fotos. Adorei

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/09/resenha-paradoxo.html

    Curtir

  7. Olááá!

    Eu não conhecia esse livro e nossa que tenso. Ele é tenso pelo nome, tenso na capa e agora pelo enredo.
    Primeiro quero dizer que fiquei muito feliz em saber que você é uma das grandes vencedores, nunca ganho nada. Mas fico feliz que seja de verdade.
    Sobre a resenha, está ótima! Muito bem escrita. Acho que não leria o livro no momento porque estou meio que fugindo de livros com grande carga emocional, mas eu acho que seria ótimo para sair da zona de conforto.
    Uma coisa que me incomoda é esses capitulos longos 😦 Não gosto porque deixa a leitura mais arrastada.
    Vou procurar o filme para tentar assistir!

    Beijinhos,
    http://www.entrechocolatesemusicas.com

    Curtir

    • hahaa realmente é um livro bem pesado, mas apesar disso ele é muito bom. Muito obrigada ❤ Fico feliz que gostou da resenha 🙂 Que pena, chuchu 😦 mas espero que o leia um dia 🙂 tenho certeza que iria adora-lo, apesar da carga emocional e dos longos capítulos. Obrigada pelo carinho :**

      Curtir

  8. Olá!
    Não me interessei nesse momento pela leitura, mas fico feliz que você tenha gostado. Parabéns pela resenha e pelas fotos, ficaram incríveis!
    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    Curtir

  9. Oi, tudo bem?
    Ainda não li o livro, mas ele está na minha lista há anos. Amo o filme, porque ele passa essa mesma sensação de que quem deve concluir o verdadeiro motivo do por quê das mortes dessas adolescentes é você, quem está ali assistindo/lendo desde o início. É um pouco subjetivo até.
    Meus parabéns por ter sido uma das ganhadoras ^.^

    Curtir

    • Olá, chuchu! O livro é muito bom mesmo (a capa e o título são muito criativos), mas realmente ele é bem pesado e complicado de entender. Infelizmente fiquei bem frustada, pois ele deixou muitas coisas em aberto no final. Mas acho que vale muito a pena lê-lo 🙂 :**

      Curtir

  10. Fiquei curiosa, gostaria de ver a foto que ganhou a promoção!
    Adorei sua resenha e as fotos, muito criativas!! Eu comecei assistir o filme uma vez, mas nunca li o livro, na verdade não sabia que tinha o livro, mas vou adicionar na lista, quero muito ler. vou procurar o filme para assistir!

    Curtir

  11. Oii..
    Esse livro está na minha lista a um tempinho.. já tinha lido resenhas sobre o livro que na época que lançou despertou meu interesse. As vezes gosto de finais que nós mesmo criamos as nossa teorias, isso me faz imaginar cada coisa. Mas espero ter a oportunidade de ler o livro!

    Beijos!

    Curtir

  12. Pingback: Livros para o Halloween | corujas na prateleira

  13. Oiiii, mais que sortuda você já eu não ganho nem bala kkk e amei o livro e sua resenha ficou ótima (O que dizer dessas fotos incríveis?) A historia das irmãs me deixou hipermegacuriosa, só me incomodou o fato de não ter explicação no final, eu sou uma pessoa que cria versões para os fatos o livro todo, mas que no final espera uma bomba totalmente contraria do que você estava esperando (Não que isso mude minha ideia que preciso ler o livro), bom acho que é só.

    Beijão flor!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s