Toda luz que não podemos ver (Anthony Doerr)

20160320073905 (3)

Depois de muito tempo sem postar nenhuma resenha (ou post), consegui um tempinho para escrever/postar esse aqui. A alguns meses atrás estava passando pelas fotos do meu instagram, @Corujasnaprateleira, quando vi a divulgação desse livro, na mesma hora já fiquei louca para ler. Já disse aqui que me interesso por um livro pelo seu título e esse me chamou muito a atenção e logo depois, a capa e principalmente a história, me fizeram ir comprá-lo.

20160320115253

A história se passa em dois lugares diferentes, Saint-Malo na Bretanha, França e Zollverein, na Alemanha e o plano de fundo do livro é a 2° guerra mundial. Ele é contado sob o ponto de vista de dois personagens distintos, que não se conhecem, mas que tem suas vidas ligadas pelos horrores da guerra.

20160320073905 (8)

Marie-Laure, uma adolescente alta e sardenta que fica cega quando criança, mora em Paris, na Rua Vauborel  N°4, com seu pai. Sua vida está toda concentrada em ir com o mesmo diariamente para o seu trabalho, o museu de história natural da França, aonde faz amizades e aprende sobre o universo. Extremamente dependente, apesar de cega, seu pai constrói uma réplica em miniatura da cidade onde mora, para que a menina consiga se locomover sozinha se precisar.

Bem distante dali, vive Werner Pfennig, um garoto órfão que mora com a irmã Jutta e outras crianças, em um orfanato. Muito curioso e inteligente, desde pequeno se envolve com o conserto de rádios, o que se torna uma diversão para ele e a irmã, que escutam todo dia um mesmo programa.

20160320115303 (1)

A história se desenrola desde o início da vida de criança dos dois e o começo da guerra marca o crescimento de ambos. A todo momento somos levados a uma época e contexto diferente da vida dos dois, enquanto nos primeiros capítulos a história já é bem avançada, nos capítulos seguintes ela dá um salto para trás para podermos entender o que aconteceu para os personagens estarem aonde estão. Nesse ponto o livro pode se tornar um pouco confuso, já que somos constantemente levados a um lugar e época diferente para logo depois voltarmos, no entanto, conforme os capítulos vão passando, começamos a entender melhor o que está acontecendo com os personagens e as cidades.

20160320115253 (2)

20160320115303

Ao longo do livro, vemos o amadurecimento das crianças e o avanço frequente da guerra, que deixa de ser algo pequeno, e toma proporções mundiais. Enquanto de um lado Werner completa seus 15 anos e por possuir um talento incrível passa a frequentar uma escola nazista, e logo em seguida passa a fazer parte da guerra ganhando uma missão especial. Do outro, Marie-Laure e seu pai decidem fugir de Paris, que passou a ser constantemente atacada por bombardeios, e chegam a Saint-Malo, onde mora seu tio avô.

Logo em seguida, vemos a adaptação dos dois nos determinados lugares e as mudanças e conflitos que acontecem até o momento que estamos tentando entender desde o início do livro.

20160320115253 (1)

20160320115303 (2)

A História é dividida em 13 partes, sendo cada uma delas constituída por capítulos super curtos, o que facilitou muito a leitura das mais de 500 páginas. A capa e toda a arte do livro são muito bem detalhadas e lindas, as folhas são amarelas, a letra tem um tamanho ótimo e a diagramação é maravilhosa.

A narrativa vai alternando entre os dois personagens e entre o passado e futuro. Amei o fato do livro ser extremamente rico em detalhes e o fato do autor conseguir transpassar tão bem toda a emoção do momento, mesmo nos capítulos em que Marie-Laure, que é cega, narra.

20160320073905 (5)

O livro é bem pesado e carregado de emoção e realidade, não espere um livro com um grande romance em que o final é um clichê. Pelo contrário, o autor nos mostra a realidade do momento, não escondendo os detalhes ruins e nem “enfeitando” os bons. Amei cada detalhe dele e confesso que me choquei muito com o final.

20160320073905 (4)

Alguns dias atrás fui surpreendida e contemplada com os dizeres de uma pessoa que conheço, que também já leu o livro, a qual disse que me achou parecida com umas das personagens principais, a Marie-Laure, fiquei muito feliz por ter sido comparada com essa personagem Francesa tão brilhante e incrível <3. Espero que tenham gostado e que não tenham se incomodado com o tamanho dessa resenha hehehe, acho que me empolguei um pouco com esse livro maravilhoso.

Editora: Intrínseca     N° de páginas: 526    Ano de publicação: 2015

Quem ficou interessado no livro, vou deixar alguns links de sites que eu considero confiáveis, em que ele é vendido: AmericanasSubmarinoSaraivaFnac.

E ai pessoal, quem ai já leu esse livro? O que acharam dele? Ele também chocou e surpreendeu vocês como fez comigo hehe? Comentem aqui embaixo nos comentários! Vou amar ler e responder 🙂.

Por hoje é só pessoal.

Beijos e até o próximo post!

Facebook ❤ Instagram ❤ Flickr ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤Snapchat: jessica_belotto

Anúncios

38 comentários sobre “Toda luz que não podemos ver (Anthony Doerr)

  1. Conheci esse livro pela primeira vez em uma aula de artes. A professora estava com ele na aula e comentou que foi presente do maridão (ela adora falar sobre ele haha) e, pela sinopse, acabamos tendo uma aula bem diferente, com um bate papo super gostoso. Desde então eu quero muito comprar e ler este livro ❤

    Abraço,
    omundodemis.blogspot.com

    Curtir

  2. Oiii, tudo bem?
    Eu tenho realmente muita vontade de ler este livro desde que aconteceu seu lançamento ❤ eu estou encantada pela premissa citada e a sua resenha, seu texto ficou maravilhoso e só me deixou louca kkkkkkkkkkk quero te parabenizar por essas fotos lindas, deu vontade de comer pão de queijo.
    Beijão

    Curtir

  3. Olá Jéssica!

    Parabéns pelas fotos, você arrebentou, elas ficaram lindas, arrasou. Esse livro é muito lindo, adorei a história, li tem algum tempo, é uma obra incrível, não é a toa que foi vencedor de prêmios. Sua resenha ficou muito boa, adorei, essa é de fato uma leitura que nos emociona, nos toca. Bjuss. Fê.

    Curtir

  4. Olá!

    Já vi várias resenhas e preciso dele! A premissa é linda, tem uma história muito delicada e uma mensagem muito fofa, sem falar na capa tão maravilhosa. Adorei as fotos e espero que você volte logo a postar com frequência!

    Curtir

  5. Olá, “Toda luz que não podemos ver” é um livro que tenho vontade de ler, acho a capa bem bonita, o título é instigante e pela sua resenha, a história parece muito boa de se ler. Pretendo fazer a leitura mais futuramente, já que ando meio cansada de livros com a 2° guerra mundial como tema (li dois esse mês e tô acompanhando mais um no wattpad).

    Curtir

    • Tenho certeza que você vai se emocionar bastante (assim como eu) quando ler ele hehehe, eu que achava que não iria chorar, não resisti quando cheguei no final. O fato de a personagem ser cega realmente torna tudo mais pesado e emocionante. Espero muito que consiga ler 🙂 :**

      Curtir

  6. Oiê…comprei esse livro no final do ano e estou doida pra ler. Sua resenha ficou muito boa, adorei. Você é muito talentosa tanto para escrever, quanto para fotografar, adorei as imagens!

    Abraços

    Curtir

    • Anww! Fico muito inspirada e feliz quando vejo comentários como o seu <3. Obrigada pelo carinho! hahaha, sei como é isso, também tenho muitos aqui para ler, mas espero que consiga ler ele! É maravilho e pra quem gosta de histórias com essa temática é melhor ainda ;).
      ❤ ;***

      Curtir

  7. Olá!

    Eu não conhecia este livro antes, mas tenho que concordar com você que o titulo realmente chama muito a atenção.
    Gostei bastante do enredo que você apresentou e pelo autor não ter enfeitado nada e sido bem realista. Prevejo que se eu ler este livro vou acabar ele em meio a muitas lágrimas, mas como isso não me impede de ler nada, acho que vou acabar lendo este livro.
    Adorei as fotos lindas que você tirou e obrigada pelas dicas.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    Curtir

    • O título é lindo mesmo néh? Na verdade não só o título hehehe, eu chorei bastante no final dele e acho bem difícil não se emocionar com ele <3. Espero que leia ele e que goste 😉
      Obrigada pelo carinho, chuchu ❤ ;***

      Curtir

  8. Oie.
    Nunca li nenhum livro que a história acontece em meio a guerra, mas tenho muita curiosidade.
    A sua resenha ficou ótima, me deu vontade de ler. Quando conheci esse livro fiquei com vontade de ler, por isso não costumo ler muitas resenhas sobre ele, para não pegar spoiler. Espero gostar muito do livro.
    Beijos.

    Curtir

  9. Olá! Gostei muito da sua resenha, eu já havia ouvido falar desse livro, que me pareceu ser bem legal, agora que li suas impressões com ele. Realmente também acho muito chato essas trocas de épocas, se não prestar muito a atenção, com certeza uma hora ou outra, a leitura vai se tornar cansativa.
    Abraços!

    cafelivrosseries.blogspot.com.br

    Curtir

    • Realmente, em algumas partes isso me fez ficar cansada com a leitura, mas isso não foi uma coisa que me incomodou muito a ponto de querer desistir da leitura, acho que pelo contrário! Espero que consiga lê-lo um dia 😉 :**

      Curtir

  10. Olá tudo bem?

    Sabe que morro de vontade de ler esse livro, desde que que vi o lançamento da editora que fiquei doidinha pra ler. Adorei sua resenha você fala sem dar spoiler valorizo muito isso, e essas fotos ficaram uma gracinha *–*

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    Curtir

    • Oi, chuchu! Também sempre tive vontade viu, desde que vi pela primeira vez e por isso fiquei muito animada quando consegui comprar. Fico muito feliz que tenha gostado da resenha e as fotos, espero muito que consiga lê-lo 🙂 ❤ ;**

      Curtir

  11. Ola lindona a capa desse livro é linda a premissa tocante e lendo sua resenha já percebemos a gama de emoções que o livro trás ao leitor, gosto de história como essas, dica mais que anotada., espero me envolver com essa linda história ainda mais no tempo de guerra como cenário. beijos

    Joyce

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s